Sua programação

A programação pode ter alterações até a data do evento. Você poderá modificar a sua grade após o pagamento da taxa de inscrição, de acordo com a disponibilidade de vagas. Quando uma palestra estiver com inscrições esgotadas a informação aparecerá nesta página automaticamente.


Quarta, 28 de junho - 09h às 10h45


Jornalismo de educação na América Latina
Dois dos mais experientes repórteres de educação da América Latina fazem um panorama da cobertura de educação em seus países. Quais as semelhanças com o estágio da cobertura no Brasil? Quais os principais desafios com relação às temáticas e ao status da cobertura?

Sobre os Palestrantes

Ricardo Braginski - Jornal Clarín (Argentina)

É jornalista, editor do jornal Clarín, especializado em educação, tecnologia, ciência e inovação. É professor de jornalismo digital e práticas jornalísticas e participou de programa de aperfeiçoamento na Universidade de Michigan (EUA). Participa de programas jornalísticos na TV e no rádio

Elizabeth Simonsen - Centro de Pesquisas Avançadas em Educação (Chile)

É jornalista, criou e editou a seção de educação do jornal La Tercera (Chile). Atualmente é chefe de comunicação do Centro de Pesquisas Avançadas em Educação da Universidade do Chile. É autora do livro "Mala Educación", que aborda os movimentos estudantis e reformas educacionais no Chile

Quarta, 28 de junho - 11h às 12h30


A educação em tempos de incerteza
A instabilidade política traz incertezas para todas as áreas. A educação não é exceção, mas deveria estar mais blindada por políticas de Estado. O Plano Nacional de Educação é suficiente para exercer esse papel? A constante troca de ministros nos últimos quatro anos afetou políticas públicas da área? Qual o papel da imprensa e da sociedade civil nesse cenário?

Sobre os Palestrantes

Priscila Cruz - Todos Pela Educação

É mestre em Administração Pública pela Harvard Kennedy School of Government. É graduada em Administração de Empresas pela FGV-SP (Fundação Getúlio Vargas) e em Direito pela USP (Universidade de São Paulo). Ajudou a fundar o Instituto Faça Parte em 2002, onde atuou como coordenadora até 2005. Foi uma das fundadoras do movimento Todos Pela Educação

Daniel Cara - Campanha Nacional pelo Direito à Educação

É coordenador-geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, bacharel em ciências sociais e mestre em ciência política. Foi membro da direção da Campanha Global pela Educação (2007-2011) e do Comitê Diretivo da Campanha Latino-americana pelo Direito à Educação (2009-2012). É blogueiro do UOL e venceu o Prêmio Darcy Ribeiro 2015.

Alessio Costa Lima - Undime

É presidente da Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação) e dirigente municipal de Educação de Alto Santo/CE.

Idilvan Alencar - Consed

É secretário de Educação do Ceará e presidente do Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação). Foi presidente do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). É graduado em Engenharia Civil e mestrando em Gestão e Avaliação de Educação Pública na UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora)

Quarta, 28 de junho - 14h às 15h30


Educação 2030: indicadores, dados e relatórios internacionais
Comparar países e seus diferentes contextos é uma tarefa que exige cuidado dos jornalistas. Onde achar dados internacionais comparáveis? Como monitorar o desenvolvimento de nações, especialmente no caso dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, da ONU?

Sobre os Palestrantes

Nihan Koseleci Blanchy - Unesco

Faz parte da equipe do Relatório Global de Monitoramento da Educação

Alejandro Vera - Unesco

Integra a equipe do UIS (Instituto de Estatística da Unesco)

Quarta, 28 de junho - 15h45 às 17h15


Como conciliar acesso e qualidade na educação infantil
Evidências científicas têm reafirmado a importância da educação infantil no desenvolvimento da primeira infância. No Brasil, ainda hoje quase 75% das crianças de até 4 anos estão fora de creches e pré-escolas. Como aliar a ampliação da oferta com uma educação de qualidade? Como avaliar essa etapa? O que podemos aprender com a experiência de outros países?

Sobre os Palestrantes

Sharon Lynn Kagan - Universidade de Columbia (EUA)

É diretora associada de Políticas no Teachers College da Universidade de Columbia, professora adjunta no Centro de Estudos Infantis da Universidade de Yale e professora na Virgínia e Leonard Marx Foundation. Autora de 225 artigos e 13 livros, trabalha com o Unicef para estabelecer padrões de aprendizado em vários países, incluindo o Brasil

Cisele Ortiz - Abebê

É psicóloga, especialista em educação infantil, professora do Instituto Singularidades, presidente da Abebê (Associação Brasileira de Estudos sobre o Bebê). É co-autora do livro “Ser Professor de Bebês: Cuidar, Educar e Brincar, Uma Única Ação” e coordenadora adjunta do Instituto Avisa Lá

Sandra Zakia - USP

É professora da USP, com doutorado em Educação no tema Avaliação de Aprendizado. Tem experiência na área de Educação com ênfase em Política, Planejamento e Avaliação Educacional

Quarta, 28 de junho - 17h30 às 19h


Base Nacional: desafio de abordagem e próximos passos
A Base Nacional Comum Curricular define os conteúdos essenciais que a escola não pode deixar de ensinar. Representa uma cobertura jornalística desafiadora, por se tratar de tema técnico e que envolve processos complexos. Como a Base chega ao Conselho Nacional de Educação e quais são os próximos passos? E o que esperar da Base do ensino médio, que ganhou importância com a reforma dessa etapa?

Sobre os Palestrantes

César Callegari - CNE

É sociólogo e membro do CNE (Conselho Nacional de Educação), onde preside a Comissão de Elaboração da Base Nacional Comum Curricular. Foi secretário municipal de Educação de São Paulo e secretário de Educação Básica do MEC

Cleuza Repulho - Pedadoga e consultora

É pedagoga e mestre em Educação pela Universidade Mackenzie, pós-graduada em Didática. Já exerceu cargos como diretora de Políticas Educacionais do MEC e presidente da Undime (União dos Dirigentes Municipais de Educação). É consultora do Instituto Natura, da Fundação Lemann e do Laboratório de Inovação Educacional

Paulo Carrano - ANPEd

É professor associado da UFF (Universidade Federal Fluminense), onde atua na pós-graduação da Faculdade de Educação. Coordena o Observatório Jovem do Rio de Janeiro da UFF e o Portal EmDiálogo - Ensino Médio Em Diálogo. Integra a diretoria da ANPEd (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação)

Quinta, 29 de junho - 09h às 10h30


Grandes reportagens de educação
O vazamento do Enem, a farra do Fies e histórias de violências nas escolas. A educação é campo vasto para grandes reportagens, de formatos distintos. Autores de reportagens que tiveram forte impacto e acumularam prêmios compartilham os bastidores, obstáculos e as técnicas de seus trabalhos.

Sobre os Palestrantes

Renata Cafardo - Jornalista

Escreve sobre educação desde 2000, quando começou em O Estado de S. Paulo. Em 2009, sua matéria revelou o roubo e o cancelamento do Enem. Foi repórter da TV Globo, em São Paulo, e colaboradora da Folha de S. Paulo, em Nova York. É vencedora de dez prêmios de jornalismo. Seu livro “O Roubo do Enem” será lançado este ano pela Editora Record

Paulo Saldaña - Jornalista

É repórter de educação da Folha de S.Paulo desde 2016. Antes, atuou por mais de 6 anos em O Estado de S. Paulo na cobertura do tema. Venceu o Prêmio Esso (atual ExxonMobil) em 2015 com uma série de reportagens sobre o Fies. Já recebeu os prêmios CNI, Estácio, Andifes e Allianz.

Beatriz Jucá - Jornalista

Foi repórter durante sete anos do Diário do Nordeste, do Ceará. Recebeu em 2015 o Prêmio Undime de Jornalismo com a reportagem "Vozes do Silêncio", sobre violência nas escolas. É especialista em Jornalismo Literário e tem dois livros reportagens publicados. Foi selecionada recentemente como bolsista do Programa 5 Sentidos da Fundación Gabriel García Márquez para el Nuevo Periodismo Iberoamericano, da Colômbia


De olho no Ensino Médio, desafios e oportunidades
Considerado uma das etapas mais problemáticas da educação brasileira, o ensino médio passou por uma reforma recente. MEC, Estados e sociedade civil debatem agora a base curricular para essa fase. O que ainda vem pela frente? A quais pontos os jornalistas precisam ficar atentos para uma cobertura de impacto e qualidade?

Sobre os Palestrantes

Eduardo Deschamps - Presidente

É presidente do CNE (Conselho Nacional de Educação, secretário de Educação do Estado de Santa Catarina e vice-presidente do Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação). É também professor titular da Furb (Universidade Regional de Blumenau) e docente avaliador do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais).

Macaé Evaristo - Secretária de Educação

É secretária de Educação do Estado de Minas Gerais e mestre em Educação pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Foi professora da rede municipal de Educação de Belo Horizonte e secretária de Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação (2013-2014).


Navegando por bases de dados de educação
Navegar com segurança por bases de dados pode fazer toda a diferença na hora de produzir boas reportagens de educação. Veja onde encontrar informações relevantes nas base do MEC, Inep, FNDE, Capes, IBGE, Ipea, Tesouro Nacional e Portal da Transparência

Sobre os Palestrantes

Simone Harnik - Jornalista

Tem passagens por O Estado de S. Paulo, Folha de S. Paulo, G1, UOL e Todos pela Educação. É bacharel em Comunicação Social e em Estatística pela Universidade de São Paulo (USP) e mestre em Gestão e Políticas Públicas pela Fundação Getúlio Vargas

Alexandre Retamal Barbosa - Jornalista

É assessor de imprensa no Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais). Foi chefe da Assessoria de Comunicação do Ministério de Minas e Energia e assessor especial da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República


Fiscalizando orçamentos públicos de educação
Uma das principais missões de um jornalista de educação é monitorar o investimento público no setor. Veja onde buscar informações com especialistas de Tribunais de Contas, que têm se articulado para aprimorar a fiscalização de políticas públicas de educação. Um dos focos de atuação é cobrar dos gestores que destinem os recursos necessários para alcançar as metas do Plano Nacional de Educação.

Sobre os Palestrantes

Cezar Miola - TCE-RS

É ouvidor do TCE-RS (Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul) e vice-presidente do Instituto Rui Barbosa. Coordena o Grupo Nacional de Acompanhamento das Metas do Plano Nacional de Educação, formado por integrantes dos Tribunais de Contas de todo o país. Bacharel em Ciências Jurídicas, é pós-graduado em Direito Processual Civil

Paulo Eduardo Panassol - TCE-RS

Auditor público externo do TCE-RS, representa a Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil na Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro

André Geraldo Carneiro de Oliveira - TCU

É diretor na Secretaria de Controle Externo da Educação, da Cultura e do Desporto do TCU (Tribunal de Contas da União); supervisiona o Núcleo de Acompanhamento do Plano Nacional de Educação.

Quinta, 29 de junho - 10h45 às 12h15


Editores e a educação como notícia
Editores contam como a educação entra na pauta em diferentes veículos. Quais os desafios na disputa de espaço com outros temas? O que é uma boa pauta de educação em veículos não especializados?

Sobre os Palestrantes

Claudia Belfort - Carta Capital

É editora de Mídias Sociais da Carta Capital. Foi editora-chefe da Gazeta do Povo, do Jornal da Tarde e da área de Conteúdos Digitais do Grupo Estado. Tem pós-graduação em Conflito do Oriente Médio pelo Histadrut Institute, de Israel, e em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Eduardo Scolese - Folha de S. Paulo

É editor do caderno Cotidiano da Folha de S.Paulo desde 2014. No jornal, foi coordenador da Agência Folha e repórter da sucursal de Brasília. Formado em jornalismo pela Fiam, com especialização na PUC, é autor dos livros "Pioneiros do MST" e "A reforma agrária", e coautor de "Eleições na Estrada" (com Hudson Correa) e "Viagens com o Presidente" (com Leonencio Nossa).

Paula Miraglia - Nexo Jornal

É co-fundadora e diretora-geral do Nexo Jornal. Paula é doutora em Antropologia Social pela USP (Universidade de São Paulo), onde também concluiu o mestrado e a graduação em Ciências Sociais. Foi diretora-geral do ICPC (International Centre for the Prevention of Crime), no Canadá, e diretora-executiva do ILANUD (Instituto Latino Americano das Nações Unidas). Foi também consultora do Banco Mundial e do Banco Interamericano de Desenvolvimento

Nelio Horta - TV Globo

É Chefe de Produção de Rede na TV Globo. Com mais de trinta anos de telejornalismo, coordenou produções dos mais diversos assuntos. Começou no Fantástico, como assistente de produção, e se profissionalizou em processos de produção para telejornais. Numa das passagens pelo Globo Repórter produziu reportagens sobre bullying e trabalho infantil, assuntos diretamente ligados a educação.


O Enem e a cobertura da imprensa
O Enem é o exame nacional com maior atenção da imprensa e sociedade. Recentemente, o Inep anunciou mudanças na prova e o fim da divulgação de médias por escola, que geravam rankings a partir dos dados do exame. O que se ganha e perde com as mudanças? O que esperar daqui por diante? Quais informações os resultados do Enem podem oferecer à sociedade?

Sobre os Palestrantes

Reynaldo Fernandes - USP

É economista, mestre e doutor em Economia pela Universidade de São Paulo, onde atua como professor titular nas áreas de Economia do Trabalho, Economia da Educação e Políticas Sociais. Foi presidente do Inep entre 2005 e 2009

Renato Júdice de Andrade - Colégio Rio Branco

É diretor do Colégio Rio Branco. Foi diretor financeiro da Abave (Associação Brasileira de Avaliação Educacional). Graduado em Física pela Universidade Federal de Minas Gerais, tem mestrado e doutorado em Educação, também pela UFMG, na linha de Políticas Públicas Educacionais


Bases de dados de educação do terceiro setor
Conheça plataformas que facilitam o acesso e o cruzamento de dados básicos da educação brasileira, como condições de acesso e qualidade. Veja como fazer o melhor uso de ferramentas como o QEdu, o Observatório do Ensino Médio do Instituto Unibanco e o Observatório de Metas do Plano Nacional de Educação.

Sobre os Palestrantes

Dorly Neto - QEdu

Graduado em Relações Públicas, trabalhou como jornalist​a no portal SRZD e no Jornal Lance!​​, como analista de marketing nas empresas Benfeitoria e Descomplica, além de ter sid​o ​conselheiro da Juventude da cidade do Rio de Janeiro entre 2015 e 2016 e ​c​oordenador ​técnico de projetos na Prefeitura do Rio de Janeiro em 2016. Hoje é responsável pela Comunicação da Associação QEdu, ​empresa de ​e​d​tech apoiada pela Fundação Lemann.

Marcelo Pessoa - Observatório do Ensino Médio do Instituto Unibanco

É coordenador de Estatística do Instituto Unibanco. Graduado em Estatística pela Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), tem mestrado em Estudos Populacionais e Pesquisas Sociais pela Ence (Escola Nacional de Ciências Estatísticas)

Vanessa Yumi Fujinaga Souto - Observatório do PNE

Coordenadora de projetos do Todos Pela Educação, é mestranda em Gestão e Políticas Públicas pela FGV-SP (Fundação Getúlio Vargas), bacharel em Comunicação Social pela Universidade São Judas Tadeu e tem especialização em Marketing pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica)


Quanto custa a educação no Brasil?
O Brasil supera países com sistemas educacionais eficientes em porcentagem do gasto público com educação, mas o investimento por aluno é muito baixo na comparação internacional. Por que isso acontece? Quais são as fontes de financiamento da educação no país? Quais são as bases de dados disponíveis sobre o gasto público no setor e as divergências no cálculo do porcentual do PIB destinado à educação?

Sobre o Palestrante

José Marcelino de Rezende Pinto - USP

É licenciado em Física e bacharel em Direito pela USP (Universidade de São Paulo, com mestrado e doutorado em Educação pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas. É professor associado da USP e ex-presidente da Fineduca (Associação Nacional de Pesquisa em Financiamento da Educação).

Quinta, 29 de junho - 14h às 15h30


O que considerar e o que desconsiderar no emaranhado dos dados e pesquisas?
Como garantir a qualidade da educação? Há estudos que indicam que mais recursos impactam, outros que não. O mesmo vale para outros fatores associados, como nível socioeconômico dos alunos, formação de professores e infraestrutura. Como o jornalista deve lidar com análises que trazem diferentes conclusões sobre uma mesma temática?

Sobre os Palestrantes

João Batista Araujo e Oliveira - Instituto Alfa e Beto

É fundador e presidente do Instituto Alfa e Beto. É psicólogo e PhD em Educação, possui dezenas de livros e artigos científicos publicados. Trabalhou no Banco Mundial (Washington) e OIT (Genebra) e lecionou na Universidade de Dijon. Foi diretor do Ipea e secretário-executivo do MEC

Luiz Araújo - UnB

É doutor em Políticas Públicas em Educação pela USP (Universidade de São Paulo) e professor da Faculdade de Educação da UnB (Universidade de Brasília). Presidente nacional do PSOL, foi secretário de educação de Belém. Foi também consultor educacional da Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação).


Os indicadores da educação básica
Quais os erros mais comuns dos jornalistas ao interpretar resultados de avaliações oficiais da qualidade do ensino, tal como a Prova Brasil, o Ideb ou o Saeb? O que deve mudar nesses exames nos próximos anos? Como fazer uma cobertura que vá além dos rankings? Todas as dimensões da educação, assim como o contexto sociais de alunos e escolas, conseguem ser levadas em conta?

Sobre os Palestrantes

Maria Inês Fini - Inep

Presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), é mestre em Filosofia da Educação e doutora em Psicologia Social pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). Participou em sua passagem anterior pelo Inep (1996-2002) da criação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e do Enceja (Exame Nacional de Certificação de Jovens e Adultos)

Ocimar Alavarse - USP

Estudou Engenharia Eletrônica na Escola de Engenharia de São Carlos da USP (Universidade de São Paulo). Licenciado em Pedagogia pela Universidade Federal de São Carlos, é mestre e doutor em Educação. Foi coordenador pedagógico da rede municipal de ensino de São Paulo. Professor da Faculdade de Educação da USP, coordena o Gepave (Grupo de Estudos e Pesquisas em Avaliação Educacional).

Francisco Soares - CNE

É professor titular aposentado da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais, onde é pesquisador do Game (Grupo de Avaliação e Medidas Educacionais). Tem doutorado em Estatística e Pós-Doutorado em Educação. Foi presidente do Inep (2014-2016) e é membro do CNE (Conselho Nacional de Educação).


O que sabemos sobre o ensino superior do Brasil?
Indicadores de qualidade, a experiências de rankings universitários no Brasil e no mundo e as possíveis mudanças na avaliação oficial de instituições de ensino superior. Em um formato híbrido de debate e oficina, participantes terão a oportunidades de conhecer onde estão essas informações, suas limitações e como interpretá-las.

Sobre os Palestrantes

Sabine Righetti - Jornalista

Tem especialização em jornalismo científico, mestrado e doutorado em Política Científica e Tecnológica pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), onde é pesquisadora associada. Finalista do Prêmio Jabuti 2010 na categoria Educação, Psicologia e Psicanálise, recebeu os prêmios Folha, Estácio e Jornalistas Especialistas (categoria educação). Criou o RUF (Ranking Universitário da Folha).

Leandro Tessler - Unicamp

Professor do Instituto de Física da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), foi coordenador-executivo da Comissão Permanente para os Vestibulares da universidade; assessora a reitoria da Unicamp em projetos de internacionalização


Vozes da Educação
Como professores, diretores de escola e estudantes vêem o trabalho da imprensa? O tratamento que recebem nos meios de comunicação é justo? Como construir uma relação de confiança entre fontes e jornalistas de educação?

Sobre os Palestrantes

Ronaldo Tenório - Secretaria da Educação do Estado-SP

É assessor de imprensa da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. Participou da elaboração da campanha “Fala, Educadora! Fala, Educador!”

Marcelo Rocha - Fotojornalista

Tem 19 anos, ativista, fotojornalista, participou do movimento de ocupações em 2015. Atua como colaborador na Mídia Ninja e no Canal Secundarista.

Ana Elisa Siqueira - Diretora

É pedagoga e diretora há 21 anos da EMEF Amorim Lima, na zona oeste de SP.

Luiza Coppieters - Conselho Municipal de Políticas LGBT/SP

Professora de filosofia, graduada pela Universidade de São Paulo (USP). É integrante do Conselho LGBT pelo segmento mulheres transexuais. Tem um canal no YouTube sobre política, direitos humanos, educação e questões LGBT


Patrocínio

Telefônica Fundação | Vivo ITAU BBA Pearson
Editora Moderna Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal Unesco Organização de Estados Ibero-americanos

Apoio

ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo Universidade Anhembi Morumbi Instituto Ayrton Senna Campanha nacional pelo direito à educação
Instituto C&A Educação Cultura e Ação Comunitária Futura ITAU Social Jeffrey Group
Fundação Lemann Porto Lauand Fundação Roberto Marinho Todos pela Educação Instituto Unibanco